Resenha: The 100 - os escolhidos

Título: Os Escolhidos
Subtítulo: The 100 - Livro 01
Edição: 1
ISBN: 9788501400598
Editora: Galera Record
Ano: 2014
Páginas: 288
Primeiro Capítulo: Leia aqui




Sinopse: 

     Desde a terrível guerra nuclear que assolou a Terra, a humanidade passou a viver em espaçonaves a milhares de quilômetros de seu planeta natal. Mas com uma população em crescimento e recursos se tornando escassos, governantes sabem que devem encontrar uma solução. Cem delinquentes juvenis — considerados gastos inúteis para a sociedade restrita — serão mandados em uma missão extremamente perigosa: recolonizar a Terra. Essa poderá ser a segunda chance da vida deles... ou uma missão suicida.

     Um dos melhores livros que li até hoje! E agora vou explicar os motivos que me levaram a dar 5 estrelas para ele.

A base:


      A terra é destruída por um evento nuclear, quem sobreviveu passou então á morar em naves construídas para dar uma vida boa para seus moradores. 
A colônia é dividida em três "cidades", que são: Phoenix, onde ficam o Chanceler e a alta sociedade; Walden e Arcadia, que são onde moram os trabalhadores.
     Dentro da colônia há regras muito claras e severas, como a que proíbe que casais tenham filhos fora do planejamento da nave. Caso isso ocorra, o casal é morto.
Há também outras leis que nem sempre foram cumpridas á risca. O que levou vários para o confinamento, no entanto, nos últimos tempos, as prisões tem sido casa vez mais freqüentes, por motivos diferentes e com jovens menores que 18 anos, que ao completarem a maioridade passam por um rejulgamento e são condenados á morte.É aí então que entram em cena os quatro jovens narradores da história: ClarkeWellsGlass e Bellamy. 

     Esses quatro personagens estão em um grupo de 100 condenados que são mandados para a Terra, a fim de serem observados e provarem se dá para se habitar novamente ali.Erros acontecem, brigas, confusões e romances.São capítulos curtos em que os quatro vão contando o que acontece na Terra e na Colônia, em tempo real vamos descobrindo os segredos que cada um carregam e qual foi o crime que os levou ao confinamento.Descobrimos também, os podres de quem detém o poder e o motivo da pressa em verificar se dá para habitar novamente a Terra.Não é um romance, mas, há sim histórias de amor e casais que lutam para permanecerem juntos. Eu gostei disso, de mostrar que nem tudo são flores e que nelas, há espinhos também.Por fim, o final me fez engasgar e quase chorar, quase. Não é o final cor de rosa qu eu desejei, e também me deixou ansiosa pelo próximo livro.

     O próximo livro que irei resenhar será: O livro dos mil dias.

Nenhum comentário:

Postar um comentário