Resenha: The Walking Dead - Queda do governador - Parte I


     Eu não gosto de histórias de zumbis, mortos vivos, carnificina e etc, mas, tenho que admitir que gostei muito da série de TV e por esse motivo, acabei chegando aos livros. Li os livros rápido, talvez para me livrar de tanta morte, sangue e ódio.

        Não tenho muito a falar, pois não gostei de quase nada no livro. Esse mês, eu pedi o livro para o Jeff, acabei lendo antes dele, pois minha lista de leitura está em dia e a dele não. Então, não me cobrem a resenha perfeita, pois minha memória não anda boa e o livro não me fez melhorar a concentração.

           Um dos personagens principais do livro é Rick, um xerife que num dia de trabalho entra num tiroteio e entra em coma. Ele acorda e nada do que conhecia está mais igual. Vagando pelas ruas, ele busca ajuda para entender o que aconteceu. Encontra Glenn e um grupo de sobreviventes, grupo que se encontram a família de Rick e seu ex parceiro Shane. Em Glenn, ele encontra o apoio para fugir da cidade. 

        Woodbury, é o nome de um dos grupos de sobreviventes das cidades destruídas pelo apocalipse zumbi.  Eles se reunem numa prisão. Como toda reunião de pessoas precisa de um líder, aqui não poderia ser diferente. Mas, quem governa Wood é um homem enlouquecido pela tragédia, e que se denomina O governador. Ele é louco, estuprador, tem personalidade forte. Odiei ele.

       O livro é sobre a trajetória do governador. Nos mostra porque um ser humano é capaz de tantas atrocidades depois que passa por um situação extrema de dor, terror e mortes.

       Michonne, uma personagem feminina e brutal aparece novamente nesse terceiro livro e conta sua história. Uma história hum... Completa. Com cenas que me fizeram chorar de raiva. Não sei se é o fato de eu ser quase feminista e quase lésbica, mas ela é minha favorita.

         Os primeiros livros falam muito sobre morte e vida. Sobre como sobreviver depois da "tempestade". Este, aborda o tema de outras formas e nos mostra o lado mais humano da história. Nos faz refletir sobre questões importantes, como ser um sobrevivente de uma tragédia afeta o lado mais humano de nós mesmos.

          Bom, essa é a minha visão básica do livro, o Jeff vai ler também e nos falar o que ele achou.

2 comentários:

  1. o título tá errado. é governador rs
    eu estou LOUCA pra ler, mas ainda estou lendo o caminho para woodbury *-*

    www.bygarotas.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi,
      É, eu vi o erro depois, quando fui mandar o link para a editora.
      Já corrigi, espero que goste :)
      Boa leitura!

      Excluir