Para Ler: Gone - O Mundo Termina Aqui, Michael Grant



     Em um minuto, o professor de Sam Temple estava na sala de aula, explicando a matéria. No outro, ele sumiu. Simplesmente desapareceu. 
     Sam e os outros alunos da escola, logo percebem que não foi só um professor que sumiu. Foram todas as pessoas com mais de 15 anos. E além disso, eles descobrem que surgiu uma barreira cercando toda a cidade. 

     Rapidamente, o pânico se espalha na cidade de Praia Perdida, na Califórnia. 
    O que farão as crianças e adolescentes sozinhos sem nenhum adulto por perto, ou seja, sem bombeiros ou policiais, sem sinal de TV ou telefone, sem médicos e sem qualquer possibilidade de contato com o resto do mundo, que esta do outro lado da barreira? 

   Os valentões da cidade logo tentam assumir o controle. As crianças não gostam muito da ideia. Elas querem que Sam, um líder nato, tome o controle da situação. 

    Sam não está nem um pouco a fim de fazer isso. Ele quer descobrir o que está acontecendo. De onde veio a barreira? Para onde foram as pessoas com mais de 15 anos? E o que acontece quando as crianças completam 15 anos?

      Gone é incrível. O livro é enorme  (têm mais de 500 páginas) mas é tão empolgante que você nem vê o tempo passar enquanto está lendo. 


       A narrativa é em terceira pessoa, e intercala entre vários personagens, mas a maior parte é sob o ponto de vista de Sam. 
     A história é meio pesada, não de um jeito ruim, mas de um jeito que te deixa agoniado querendo saber o que vai acontecer com os personagens. 
    Gone foi um livro que me fez ficar pensando nele por vários dias depois que o terminei. É claro que muitas coisas que acontecem na história não podem acontecer na realidade, mas o livro me fez questionar qual o limite do ser humano. 

     O que você faria se de repente todos os adultos sumissem, e você se visse no meio de um caos, com crianças saqueando lojas para acabar com a fome e  brigando entre si, chegando ao ponto de  usar armas? 

     Como eu já disse, é um livro incrível, mas eu recomendo para pessoas que têm o estomago mais forte, pois existe muita crueldade nessa história e o fato dos personagens serem apenas crianças e adolescentes é o que mais impressiona. 

2 comentários:

  1. Acredita que nunca vi resenha dele? :)
    Gostei bastante \o estou precisando de algo assim..

    chadecalmila.com

    ResponderExcluir
  2. Ainda não tinha escutado falar desse livro, mas achei incrível a história, fiquei com vontade de ler *.*

    Beijo

    ResponderExcluir