Magreza doentia parte III


    A bulimia junto com a anorexia acabam gerando um ciclo vicioso. Comer compulsivamente – provocar o vômito – restringir a alimentação. Quanto maior o tempo sem comer, maior a fome que a pessoa terá depois.    

   Esses são os principais sintomas, que indicam que uma pessoa possa estar com anorexia nervosa e ou bulimia nervosa.

    Agora você me pergunta como ajudar uma pessoa com transtorno alimentar.

    Primeiro de tudo, ofereça seu apoio sutilmente. Mostre que se preocupa realmente e que não quer apenas que ela coma ( e engorde, pois comer para ela significa engordar, sempre).
    
   Ouça atentamente, não critique, dê seu ombro para que a pessoa chore e mostre seus sentimentos, que muitas vezes foram renegados e nunca foi dada oportunidade de ser ouvida.

   Caso a pessoa negue receber ajuda, não desista, continue insistindo depois de alguns dicas. Ou abra o jogo e mostre que ela está doente. Mostre esse e os outros textos que postarei para ela e diga que pode me procurar em anonimato se quiser.
Mostre amor, respeito, carinho, cuidado, atenção e amor, acima de tudo deixe que a pessoa perceba e se sinta amada e cuidada por ti. Se for filha, esposa, mais ainda.
    Não posso dizer que em todos os casos deva se avisar os familiares pois em alguns caso isso piora pois a família pode já ter percebido e não estar fazendo nada. E isso pode significar a perca da confiança da pessoa com você.

   Porém se for uma criança, menor de idade ou estiver com risco grave de morte, saúde comprometida, conte imediatamente. Se estiver no começo, tente por um mês ajudar sem contar, passado esse tempo, conte ou peça ajuda de profissionais. Que podem ser o professor da escola, um psicólogo amigo ou um amigo mais velho e responsável.

    Já passei por isso, sei como se sente a pessoa. Se precisarem, postem aqui ou mandem recados aqui na página.

Obs: essa postagem está sendo postada originalmente no blog Ecleticus e na página Contra Anorexia Nervosa, no Facebook. Compartilhem esse texto na page do facebook.

3 comentários:

  1. É muito triste casos assim, mas é preciso tratar sobre esse assunto pra evitar que mais pessoas sejam afetadas assim.

    garotasglitter.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Eu ate um tempo vomitava tudo que eu ingeria, conheci uma pessoa muito especial que me ajudo a superar isto, hoje nos somos namorados *-*
    littlejuvia.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Olá!!!, Deus seja louvado na sua vida, o seu blog e as resenhas são maravilhosos amei sucesso
    já estou te seguindo - OBRIGADO PELA VISITA
    Curta e participe do meu blog e fan page
    Blog: http://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir